Gestão Quatro PDF Imprimir E-mail

. . . O Método Gerencial relevante:

 

Por que. . . Gestão Quatro, Sete por Sete?
G4: 7 X 7

 

a) Gestão Quatro.   Antes, observe seu contexto com atenção. . .

O que está nele, quase tudo, tem QUATRO LADOS.  Mas,  por que?    Porque... 
Você é um Ser de Quatro Dimensões:  
Física + Intelectual + Emocional + Espiritual.

1. Tempo consumido com:  Você + Família + Empresa + Comunidade
2. Seu Dia pode ter Quatro Turnos de atividades:  5h-8h  8h1-12h  12h1-18h  18h1-22h
3. Funções da Gestão: Planejar + Organizar + Dirigir + Controlar
4. Gestão da Qualidade:  P + D + C + A
5. Processo de Negociação: Contato Amistoso + Alarme + Demonstração + Fechamento
6. Exigências de Estilo Gerencial:  Produzir + Administrar + Empreender + Integrar
7. Áreas da Organização:  Comercial + Produção + Finanças + Pessoas

                             

b) Sete, o Primeiro.  Sete Condições Mínimas para a Gestão EXISTIR:

                           

1. Pesquisa Geral – O que é realmente sua empresa,

                          onde está e como são suas equipes?

2. Fatores e Alianças Estratégicas

3. Ideais e seus Indicadores

4. Aspirações das Partes Interessadas

5. Primeiro Principal Objetivo, a Visão

6. Métodos Exclusivos de Resolução

7. Infra-estrutura da Gestão

 

 

c) Sete, o Segundo.  Sete Exigências que permitem a Gestão na Prática:

                           
1. Reuniões – organizadas e reduzidas

2. Comunicação – escrita, cênica, por projeto e oral

3. Autoconhecimento – muito treinamento individual e pouco em grupo

4. Avaliação – saber onde chegou, para onde deve ir, com o que, para quem e quando

5. Painel de Indicadores – os censores da empresa

6. Painel de Projetos – controle da Inovação p/ compartilhar com a simples repetição *

7. Painel de Recompensas – sete fontes de benefícios 

  

* Mínimo de Projetos no Painel (item c. 6):

    - Por Áreas Básicas da Empresa:

Direção Geral:  - Planejamento Estratégico; Desenvolvimento de Lideranças; Sucessão

Comercial:        - Processo de Negociação; Pesquisa de Mercado; Plano de Vendas

Produção:         - Procedimentos e Produtividade

Financeiro:       - Custos; Orçamentos

Pessoas:          - Recr, Sel e Contr; Trein; Recompensas; Descrição de Cargos e
              Organograma; Manual do Colaborador; Gestão de Equipes; Gestão Familiar.

Observação:       - Mais de 30 projetos, equacionados e disponíveis.


O Primeiro 7

 

1. Pesquisa Geral na Realidade da Empresa

 

Objetivo: conhecer e registrar a realidade da empresa, interna e externamente, através de um conjunto de dados e informações que indicam anomalias, melhorias e oportunidades extraordinárias. A realização disso ocorre mediante entrevistas, análises de documentos e observações sobre o contexto.

  

   Entrevistas com gestores, acionistas, compradores, fornecedores e equipes de operação, que assumem o papel de censoras nos projetos futuros das novas viabilidades. As questões abordarão (1) a situação interna da empresa – nas suas quatro principais áreas, (2) a vida pessoal e familiar dos seus colaboradores, (3) o micro ambiente da empresa – rivais, fornecedores, compradores, produtos substitutos e os possíveis novos entrantes no setor e (4)  a busca de informações do macro ambiente – econômico, social, legal, ambiental, entre outros.

  

   Normalmente, os relatórios mostram uma realidade já conhecida, mas muitas vezes esquecida, ao lado, de uma nova realidade totalmente desconhecida pela empresa, apontada pelos modelos de investigação e análise da SANTANA. Um número em torno de 1.500 dados e informações passa a se constituir na base para muitos projetos, a maioria deles pré-existentes no portfólio desta Assessoria em Gestão.

 

   Diversos outros poderão ser construídos a partir de características próprias da realidade de cada empresa. São utilizados dez formulários para as pesquisas. As principais buscas são realizadas através de entrevistas diretas. Com isto inicia um processo de negociação com estas principais fontes, que serão posteriormente os principais agentes da Inovação.

 

2. Fatores Críticos de Sucesso e Insucesso

 

Objetivo: conhecer as fontes determinantes de condições favoráveis e desfavoráveis permitindo a definição clara de prioridades, seja de instituições para as alianças estratégicas até problemas menores a serem colocados em ordem cronológica para tratamento.

  

   Um simples exemplo são as alianças que se realizam. Veja a ordem estabelecida no seguinte exemplo:    Deus, Família, Trabalho, Igreja, Curso Superior, Associação Comercial, Clube de futebol, etc, etc. foi à ordem estabelecida para ser considerada no processo decisório na escolha e na execução de decisões do Planejamento Estratégico de certa empresa hipotética.

  

   Outros fatores em dois grupos a serem considerados na hierarquia de prioridades: 1) Novos equipamentos, Desenvolvimento de novos clientes, Sistema de Recompensas, Adoção de Novo Método de Gestão, Criação de Área Comercial, entre outros, para a definição dos recursos tempo e financeiro, a ser considerado pela equipe gerencial; e, 2) Fatores do Micro e do Macro Ambientes. 

 

3. Ideais

 

Objetivo: nortear, condicionar, restringir e ratificar durante o processo de transformação das necessidades em aspirações das partes interessadas e considerar também durante a execução dos projetos e o uso das rotinas, inclusive também na avaliação.

 

4. Aspirações

Objetivo: identificar periodicamente o que as partes interessadas, ou seja, fregueses, acionistas, gestores, colaboradores, fornecedores, rivais, governo e vizinhos, querem ou pretendem.

 

5. Primeiro Objetivo Fundamental

 

Objetivo: definir completa e claramente do “Onde e Para as Aspirações de QUEM” vai se fazer o empreendimento se movimentar através da Liderança, do Capital e do Método Gerencial. Este objetivo também é conhecido por Visão Estratégica, embrião ou origem da futura Missão Estratégica.

 

6. Métodos Complementares

 

Objetivo: adotar um conjunto de métodos e técnicas – Planejamento Estratégico, PDCA, entre outros, reconstruídos pela “SANTANA, Gestão” – visando construir projetos que eliminarão as condições desfavoráveis e neutralizarão as ameaças, consolidando as condições favoráveis identificadas e otimizando o aproveitamento das oportunidades.

 

7. Infraestrutra Gerencial

Objetivo: viabilizar na prática a Gestão.

 

O Segundo 7

 

7.1 – Reuniões: promover encontros de pessoas internas e/ou externas. São pontos de chegada (... o que ocorreu do combinado), prestação de contas e pontos de partida (... para onde vamos, o que deveremos fazer e quem fará). Devem se constituir na maioria das vezes de eventos também motivacionais. Dão suporte ao processo gerencial.

 

7.2 – Comunicação: integrar emissor e receptor(es). Caracteriza-se por ser oral, escrita, cênica e por projeto. Uso inadequado gera confusão generalizada. Uma das principais causas na implementação de decisões.

 

7.3 – Autotreinamento: criar condições internas para que cada um consiga se atualizar ou se aperfeiçoar em conhecimentos gerados pelos novos métodos introduzidos pelo G 4: 7 X 7.

 

7.4 – Avaliação: saber onde se está em relação a um conjunto de critérios que permitam  saber a performance atingida.

 

7.5 – Painel de Indicadores: ter o “Placar do Jogo” realizado, através de um conjunto de números resultantes, muitos deles consequentes de variáveis combinadas.

 

7.6 – Painel de Projetos: ter o “Placar de Projetos” em realização para acompanhar o comportamento entre o programado e o executado nas quatro áreas da empresa, ou seja: 1. Gestão Comercial (Marketing e Vendas); 2. Gestão Produtiva (P&D e Produção); 3. Gestão de Capital (Finanças e Financeiro); 4. Gestão de Pessoas (Famílias e Equipe Interna).

 

7.7 – Sistema de Recompensas: ter aplicado no contexto do grupo interno – Diretoria e Equipe – um conjunto de projetos que mantenham o Comprometimento em alto nível a partir de sete fontes:

7.7.1 – Benefícios Pecuniários e/ou Econômicos;    7.7.2 – Reconhecimento;

7.7.3 – Garantia de Emprego;     7.7.4 – Compatibilização entre Estilo Apresentado e Exigido;

7.7.5 – Atendimento ao Senso de Potência;    7.7.6 – Desenvolvimento do Senso de Missão; e,

7.7.7 – Desenvolvimento do Senso de Integração.